A valise mexicana: fotos de Capa, Taro e Chim.

Robert Capa (nome verdadeiro: Endre Ernő Friedmann) foi um dos fotógrafos de guerra mais conhecido do mundo, e esteve presente em vários conflitos importantes, sempre registrando tudo com sua câmera. Ele esteve na Guerra Civil Espanhola, no dia D na Normandia, na União Soviética de Stalin, no recém criado Estado de Israel, e por fim, na Indochina, quando morreu enquanto trabalhava.

robert_capa

Sua foto mais famosa é a chamada “O Soldado Caído” (abaixo), tirada durante a Guerra Civil Espanhola, em que ele registra o momento em que um soldado é morto. Existe uma discussão grande em torno da foto, por que muita gente acredita que a situação foi encenada para parecer que o homem estava levando um tiro naquele momento. Verdade ou não, o fato é que suas fotos captaram grandes momentos da história de uma forma diferenciada.

20080922-202933-pic-485805482

Neste ano, São Paulo recebe a exposição “A Valise mexicana: a redescoberta dos negativos da Guerra Civil Espanhola de Capa, Taro e Chim”, em que são expostos alguns dos negativos dos três fotógrafos, perdidos desde 1939, e encontrados no México, somente em 1990. Gerda Taro (mulher de Capa) e David “Chim” Seymour cobriram a Guerra na Espanha junto com Capa, e curiosamente, todos eles morreram enquanto fotografavam conflitos.

29798730186_bdf17b9eea_o

29739930226_19a239e988_o

Os negativos estão expostos em dois andares na Caixa Cultural, e se dividem entre os trabalhos dos três, que possuem estilos visivelmente bem diferentes.  Achei muito interessante poder ver de perto essas fotos, que são raras, e poderiam estar perdidas pra sempre, se não tivessem encontrado a valise.  É o registro sem filtros da história, e quase não dá pra acreditar na qualidade das fotos, em se tratando de uma época muito distante da tecnologia, tanto das câmeras, quanto da revelação, etc.

29775570455_34bf136eff_o

29739927856_d665476080_o

Em alguns negativos, aparece o escritor Ernest Hemingway, que também cobriu a Guerra.

29775574615_63178b0da9_o

29798732146_2be5409179_o

Esta foto abaixo é a mais famosa de Chim. Uma mulher amamentando um bebê, durante uma assembleia sobre reforma agrária em Badajoz.

29834077095_4fcf2027fa_o

Abaixo, as duas únicas fotos conhecidas de Capa e Taro juntos, em Paris. Em seguida, fotos de Taro posando. Ela seria atropelada por um tanque de guerra, em 1937, na Espanha.

29834073495_e27bc5199f_o

29541368420_71448521f0_o

E algumas outras fotos que me chamaram a atenção, como a de um urso atrás de alguns soldados despreocupados, as pessoas vivendo durante a Guerra,  um homem tocando acordeon na rua, etc.

29150297973_0fa820f507_o

29834080085_175e6d110d_o

29798734346_a6eaa39cf3_o

29148025584_fdb699d502_o

29739891686_2b448190d0_o

29834077945_6bd472da83_o

29208095973_85033c2a1d_o

29541367420_854e035309_o

A exposição fica em cartaz até 2 de outubro, então dá tempo de ver ainda!

INFORMAÇÕES:

CAIXA Cultural São Paulo (Praça da Sé, 111, próximo à estação do Metrô Sé)

Entrada gratuita.

Deixe um comentário!